be_ixf;ym_202110 d_24; ct_100
FECHAR
Images from the 2021 Skateboarding Street League Series in Salt Lake City, Utah August 26-28th
NOVIDADES

Por trás do skate da Rayssa Leal

Sep 172021

A skatista Rayssa Leal está fazendo história com apenas 13 anos, e claro está se divertindo enquanto isso. Depois de ganhar uma medalha de prata na Women's Street nos Jogos Olímpicos de Verão de 2020, dominando a Stop One do SLS Championship tour, Rayssa está atualmente classificada em # 2 no World Skate Women's Skateboard Street e não para por aí! O que vem por aí para essa sensação viral do skate? Confira abaixo.

ENTREVISTA COM RAYSSA LEAL

 

Rayssa, você venceu o Women’s Street no SLS Salt Lake City, como você se sente?

Eu fiquei tão feliz! Não apenas por ganhar, mas por ter conseguido jogar uma manobra que eu ainda não tinha conseguido em campeonato.

 

 

 

 

 

View this post on Instagram

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A post shared by Rayssa Leal (@rayssalealsk8)

 

 

O que te inspirou a começar a andar de skate?

Quando eu ganhei o skate de presente de aniversário, em subi nele a primeira vez, eu senti que era aquilo que queria fazer. E, o que me fez querer continuar, é a energia do universo do Skate, dos skatistas. É todo mundo amigo, todo mundo gosta do que faz. Fazer parte disso é muito legal.

 

A sua bio do Instagram diz: “If you can dream you can make it.” Como você transformou seus sonhos em realidade?

Dedicação e treino. Se eu quero uma coisa, em preciso ter responsabilidade. E, claro, fazer o que eu gosto, o que me deixa feliz.

 

A multidão está aplaudindo, você ouve seu nome ser anunciado, é sua hora de brilhar. O que passa pela sua mente antes de começar?

Eu fico muito feliz com o apoio de tanta gente e, mais feliz ainda, quando vejo que tem muitas meninas que estão começando o esporte inspiradas em mim.

 

Você está trabalhando em alguma manobra nova? Qual sua manobra favorita até agora?

Ahh eu sempre estou tentando novas manobras. Vamos ver se eu consigo apresentar algo novo no próximo SLS.

 

 

Você conquistou as Olimpíadas de 2020, levando pra casa a medalha de prata na Women’s Street, e agora dominou a Stop One do SLS Championship Tour. Qual é o próximo?

O foco agora são as próximas etapas do SLS e continuar fazendo o meu melhor.

 

Qual a sua rotina para dar aquele ânimo antes de competir?

Eu coloco uma playlist com as músicas que eu gosto e fico ali com as meninas que também estão na competição, me divertindo com elas, E, quando tem torcida, eu gosto de interagir com eles também, isso me deixa bem animada.

 

Como você treina para esses eventos?

Eu treino em uma pista na minha cidade, e os meus pais estão sempre me acompanhando e me dando dicas para melhor. O Felipe (meu irmão) também.

 

Você está andando com lendas do skate, e agora você também é uma. Como é treinar e estar perto de todos esses skatistas?

Para mim é um sonho realizado estar com tantos skatistas que eu admiro, e que me inspiraram e inspiram. Eu me sinto em casa! O skate é uma família para mim.

 

Você tem 13 anos e dominou o mundo do skate, você é uma grande influenciadora para as novas gerações do skate. Qual é o seu conselho para eles?

Primeiro, comprar um skate bom e não um de brinquedo. Isso é importante! E, segundo, se divertir! Somos crianças e a diversão tem que vir antes de qualquer coisa.

ESTE ARTIGO APRESENTA:

COMPARTILHAR ESSE ARTIGO:

RECOMENDADO

PARA VOCE