be_ixf;ym_202010 d_01; ct_100
FECHAR
Images from the 2019 British Grand Pix on Sunday July 14th 2019 at the Silverstone Circuit, United Kingdom
NOVIDADES

O melhor dos britânicos: LH44 quebra em casa os recordes do Grand Prix

Nov 30-0001

 A história foi escrita no Grande Prêmio da Inglaterra de 2019. Lewis Hamilton venceu a corrida pela sexta vez em sua carreira e, no percurso, tornou-se o piloto de maior sucesso na história do evento. O piloto da Mercedes-AMG Petronas Motorsport superou quatro vezes o campeão mundial Alain Prost, que conquistou cinco vitórias em Silverstone, além da lenda da F1 e bicampeão britânico do mundo Jim Clark, que venceu em Silverstone, Aintree e Brands Hatch.
Lewis comemorou com os milhares de fãs que lotaram a corrida, já que ele aproveitava o apoio em casa, enquanto Valtteri Bottas fazia mais uma dobradinha para as Flechas de Prata. O pentacampeão mundial recordou suas seis vitórias em Silverstone.
Nós conversamos com Lewis depois da corrida, e ele nos contou sobre cada uma de suas seis vitórias em seu Grande Prêmio em casa – o que marca mais um recorde para seus 34 anos de idade.

2008

Lewis: Me lembro do primeiro Grande Prêmio vencido aqui em 2008. Minha primeira corrida em 2007 foi realmente incrível. Felizmente, consegui a pole com uma volta decente, mas não consegui segurar na corrida. Depois de não ser capaz de fazê-lo no primeiro ano, eu estava tão determinado a assegurar de que o levaria a Inglaterra em 2008. Por sorte, choveu no domingo, e eu lembro do meu irmão entrando no meu quarto e dizendo: ‘não se preocupe, você consegue, está chovendo, você tem isso’. Foi realmente um momento muito legal, ele me deu um pouco de impulso. Eu saí, tive o melhor começo, tive alguns momentos seguintes tentando ultrapassar meu companheiro de equipe e, a partir de então, continuei em ritmo louco e superarei meus rivais. E creio que terminei em terceiro lugar."

 

2014

Lewis: Esse foi o sonho: entrar em 2014 com a nova era híbrida e chegar com um carro com que eu poderia brigar por um título mundial. Esse Grande Prêmio foi bastante louco porque tive uma sessão de qualificação muito ruim. Estava chovendo em uma certa parte do circuito, e eu lembro de ter começado a volta e já estava na segunda posição no primeiro setor. Eu estava tipo 'não tem como eu vencer o meu tempo'. Então recuei, apenas para descobrir que os outros pilotos haviam se recuperado. Eu estava perturbado, não podia acreditar que eu essencialmente desisti. Voei para casa para ficar com meu pai e minha madrasta e meu irmão pela noite. Lembro de estar no meu quarto e tinha meus cachorros comigo, mas meu pai estava lá e foi um momento realmente tocante entre nós, em que ele me deu aquele impulso que eu precisava. Voltei no dia seguinte após uma boa refeição caseira e arrasei na corrida."

 

2015

Lewis: Este foi também um período monumental. Foi uma multidão impressionante. Foi um fim de semana de altos e baixos. Peguei pole, mas fomos ultrapassados no início da corrida, acho que a Williams teve um começo muito melhor. Então caímos para terceiro. Tive que fazer meu caminho de volta. No final, fizemos uma ótima chamada para colocar os pneus Intermediate, o que aconteceu na hora certa. As nuvens estavam chegando, e o clima inglês me dizia que choveria. Então troquei pneus. Depois disso, foi bem suave e venci por 10 segundos."

 

2016

Lewis: A melhor parte desse Grande Prêmio foi o crowd surfing. Eu não sei o que me veio à mente quando decidi fazer isso, mas acho que saí do carro depois de vencer a corrida e subi para ir para a sala dos pilotos, atrás do pódio, e fiquei tipo 'Eu tenho que voltar lá embaixo e ver a multidão'. Então eu desci as escadas e vi a multidão. Entrei na barreira e estava tentando acenar para todos. Simplesmente pulei, o que, na época, foi a coisa mais legal que já havia acontecido comigo.

 

2017

Lewis: Esse foi um ano muito legal, com um carro incrível, muito, muito mais rápido. Conquistamos a pole position, o que foi muito legal, alcançando alguns dos grandes nomes como Jim Clark. Naquele fim de semana foi excelente, foi um feito notável, em que eu era o mais rápido nos treinos, mais rápido na qualificação, mais rápido na corrida e em fazer cada volta e depois fiz a volta mais rápida. Mais uma vez, foi apenas outro grande momento com os fãs. Todo ano eu volto, é outra oportunidade de me conectar com eles, e eu acho que a cada ano eu percebo isso mais, ou sinto que estamos mais unidos do que nunca."

 

2019

Lewis: Esse foi um dos melhores dias que me lembro de ter. Estava só pensando em minha primeira vitória em 2008 e na sensação de que saí de Brooklands e desci para a antiga linha de chegada, vendo a multidão se sentir tão reminiscente disso. A emoção, a felicidade e a alegria eram exatamente as mesmas. Realizer tantas corridas, e você pensa que se acostuma com isso, mas pareceu tão incrível quanto a primeira vitória que tive aqui. É incrível. Não sou de olhar para as estatísticas. Eu faço uma corrida e gosto dessa abordagem. Para então ouvir que eu tenho seis vitórias e estou lá no topo com os grandes ... é uma das coisas mais legais.

 

COMPARTILHAR ESSE ARTIGO:

RECOMENDADO

PARA VOCE