be_ixf;ym_202004 d_02; ct_100
FECHAR
Sunday images from the 2018 Mexican Grand Prix
NOVIDADES

De perto com o Penta Campeão Mundial da Fórmula 1: Lewis Hamilton

Nov 082018

Lewis Hamilton garantiu seu quinto campeonato na F1 na semana passada no Grande Prêmio do México de Fórmula 1 em 2018. Os cinco títulos de Hamilton o elevam à categoria da lenda da Fórmula 1, Juan Manuel Fangio.

Além disso, com um recorde de 71 vitórias e 132 pódios em sua história de Fórmula 1, Lewis garantiu seu lugar como um dos pilotos de maior sucesso na história do automobilismo.

Mas e o homem que está por trás do visor? O que leva Lewis a ser um atleta tão competitivo? Tivemos a oportunidade de conversar com o piloto de 33 anos depois do Grand Prix Mexicano. Além de nos dar insights sobre sua vida e inspirações fora da pista, Lewis mencionou seu amor pelo México; o que sempre o leva a correr no autódromo Hermanos Rodríguez com um sorriso no rosto.

“Eu nunca, nem em um milhão de anos, pensei que estaria aqui hoje, como campeão mundial por cinco vezes. I nunca soube que isso aconteceria e sou muito grato a quem me ajudou a estar aqui.” Explicou Lewis. “Eu quero agradecer imensamente a todos os fãs que estiveram aqui por terem feito o Grand Prix México tão especial quanto ele é. Eu amo o México, é um país tão lindo, e as pessoas mais ainda.”

Um dos maiores fatores ao qual Lewis atribui seu sucesso é permanecer positivo e ter uma mentalidade vencedora. Personalidades que ele segue como inspirações de vida: “As três pessoas que eu sempre admirei são Muhammad Ali, Ayrton Senna, e Nelson Mandela.” Disse Lewis. “Senna foi o meu herói desde a infância.”

 

Durante sua infância tudo era corrida. A corrida era seu café da manhã desde os oito anos de idade, mas se esse caminho não tivesse ido tão bem, a música seria sua segunda opção. Ainda hoje a música ainda representa muito na vida de Hamilton; de compor no estúdio a compartilhar suas playlists pré-corrida no Spotify.

 

“Quando criança, não havia nada além de corrida. Apenas corrida. Mas isso poderia ter rumado para diversos outros caminhos. Eu poderia ter me tornado um personagem totalmente diferente. Quem sabe, eu poderia estar em apuros! E também poderia ter feito parte de uma banda. A música sempre foi uma grande paixão minha,” Lewis continua,”Eu comecei a tocar guitarra aos 13. No estúdio, posso seu eu, posso ser vulnerável. Posso mostrar um lado de mim que as pessoas não conseguem ver.”

Enquanto a música corre nas veias de Lewis, na superfície, a pele do campeão está cheia de tinta. Claramente, demonstrando sua paixão por tatuagens. “Eu amo minhas tatuagens”, continua Lewis. “Todas elas têm um significado. Eu sou muito apegado à minha fé, então tatuei algumas imagens religiosas. Eu tenho Pieta, uma escultura de Michelangelo de Maria segurando Jesus depois dele ter sido crucificado, no meu ombro.”

 

“O sagrado coração no meu braço. Notas musicais, porque amo música. O compasso no meu peito está aqui porque a igreja é o meu compasso. Família é tudo pra mim, então tatuei “Família” entre os ombros. “Fé”, obviamente, e tenho “poderoso além da medida” escrito no meu peito – é um pedaço que tirei de uma citação da escritora Marianne Williamson. Nas costas, tenho a cruz e asas de anjo: levante-se, não importa o que a vida atire em você.”

A criança que cresceu idolatrando Ayrton Senna é agora um dos mais condecorados pilotos da história da F1. Além disso, Lewis é regularmente comparado a outro grandioso, Michael Schumacher. Parecido com Lewis, Schumacher também levou seu 5º título por volta dos 33, o que significa que são grandes as chances de Lewis alcançar a marca de 7 vezes campeão de F1, como Schumacher. É só somar sua determinação contínua ao grande mix e será apenas uma questão de tempo para ele ultrapassar o lendário alemão.

 

Lewis certamente tem muita quilometragem em sua história. Suas ambições são tão grandes quanto sua lista de recordes e seu legado continuará a crescer. Suas habilidades por trás da roda, e sua confiança em sua equipe de corrida, sem dúvidas, vão alavanca-lo ao pódium por muitas vezes ainda.

 

Entre suas conquistas fora da pista, Hamilton faz parceria com a Monster Energy e lançou recentemente sua própria bebida chamada “44” no México. Ele considera essa colaboração como um dos seus sonhos que se tornaram realidade.

 

"Estou em contato com a Monster há seis anos e sempre quis minha própria bebida, então, para mim, é um sonho que se tornou realidade. Estou muito animado por ter trabalhado com todos os detalhes do produto e, finalmente, ver" 44 " nas lojas "

 

Ainda há mais duas chances de ver Lewis em ação nesta temporada – onde ele competirá para garantir uma pontuação que o ajudará a conquistar o título “Formula One Constructors” para a Mercedes-AMG Petronas Motorsport Team. Fique ligado no Grand Pix Brasileiro no dia 11 de novembro, e no Grand Prix de Abu Dhabi, em 25 de novembro.

ESTE ARTIGO APRESENTA:

COMPARTILHAR ESSE ARTIGO:

RECOMENDADO

PARA VOCE